Newsletter:

CANCRO DA PELE NÃO-MELANOMA- FACTORES DE RISCO
CANCRO DA PELE NÃO-MELANOMA- FACTORES DE RISCO
Quem está em risco? Sabemos que o cancro de pele não é contagioso, ou seja, não pode “apanhá-lo” de outra pessoa.As investigações têm revelado que as pessoas com determinados factores de risco estão mais predispostas ...

Comandante José Palha Gomes conclui Curso de IF5
Comandante José Palha Gomes conclui Curso de IF5
O Comandante deste corpo de Bombeiros concluiu com sucesso o curso de IF5 - Módulo de Incêndios Florestais – nível 5, sendo neste momento o único elemento desta corporação com esta formação. O curso decorreu no ...

Adjunto de Comando Miguel Jerónimo conclui curso FCIUI II
Adjunto de Comando Miguel Jerónimo conclui curso FCIUI II
O Adjunto de Comando dos Bombeiros de Alcabideche, Miguel Alexandre Jerónimo, concluiu com sucesso o curso FCIUI II para Formador de Combate a Incêndios Urbanos e Industriais realizado pela Escola Nacional de Bombeiros. ...

Chefe Sónia Almeida conclui curso ERAS
Chefe Sónia Almeida conclui curso ERAS
A chefe do corpo de Bombeiros de Alcabideche, Sónia Almeida concluiu no passado mês o curso de Equipa de Reconhecimento e Avaliação de Situação em Combate a Incêndios Florestais. Esta formação, ministrada pela Escola ...

Ação de Sensibilização Incêndios Florestais
Ação de Sensibilização Incêndios Florestais
A convite do Serviço Municipal de Proteção Civil de Cascais, os Bombeiros de Alcabideche realizaram no passado dia 22/07/2016, uma ação de sensibilização aos condutores e peões na EN9-1, junto à entrada ...



Serviços:

Previsão Meteorológica
Previsão da Qualidade do Ar
Previsão Oceânica Costeira
Risco de incêndio
Global Wildfire Information System

Sistema Nacional de Radares em Funcionamento

Já entrou em funcionamento desde o dia 6 de Julho:

- Autoestrada A5 sentido Cascais - Lisboa

Como funciona o SINCRO?

Em termos gerais, o controlo de velocidade envolve a detecção de veículos em excesso de velocidade, a que é associado um registo fotográfico como evidência para suporte ao subsequente processo de contra-ordenação.

O controlo de velocidade pode ser fixo ou móvel, podendo ser realizado em qualquer tipo de via pública, ou seja, autoestradas, estradas nacionais e estradas municipais.

Embora esteja prevista sinalização para o sistema nacional de controlo de velocidade, esta poderá estar ausente, nomeadamente em controlo móvel.

Num local fixo de controlo de velocidade, é assumido que o controlo é realizado de forma automática, com base em sistemas eletrónicos que efetuam o cálculo da velocidade dos veículos acompanhado do registo fotográfico em suporte analógico ou digital, dos veículos em incumprimento.

Pode existir ou não, transmissão eletrónica imediata das ocorrências detetadas, sendo que os sistemas locais deverão ter capacidade de armazenar um determinado conjunto de eventos.

Mapa de locais de radares a instalar até 2017:

SIGET

O sistema de gestão de eventos de trânsito tem por objetivo disponibilizar um conjunto de funcionalidades necessárias ao processamento dos eventos de trânsito e funcionalidades necessárias ao processamento dos eventos de trânsito e funcionalidades complementares na gestão de infraestruturas de radares e cabines.

O que é este sistema?

No âmbito do desenvolvimento do Objetivo Operacional 7- Controle Automático de Velocidade- da Estratégia Nacional de Segurança Rodoviária (2008-2015), foi identificado como ação chave o desenvolvimento de um Sistema Nacional de Controlo de Velocidade (SINCRO) cuja responsabilidade de execução foi atribuída à Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) no domínio da sua missão e atribuições legais, definidas no DL 77/2007 de 29 de março.

Tenha em atenção:
A autoridade Nacional de Segurança Rodoviária, gestora do sistema, poderá pedir ao consórcio que vai manter o SINCRO que, a cada seis meses, mude 15 dos radares do local. Os condutores nunca saberão quais as cabines que têm os radares ativos, numa lógica rotativa nunca utilizada em Portugal.
Saberão, no entanto, a localização das 50 cabines que estarão devidamente sinalizadas. Estas estruturas de aço vão estar distribuídas por 25 vias nacionais, desde autoestradas, estradas nacionais, itinerários principais (IP) e itinerários complementares (IC).

Evite as multas e conduza com precaução, respeitando o código da estrada.

Last Updated (Thursday, 21 July 2016 16:26)

 
Contactos | Mapa do Site URGÊNCIAS - 214 690 026 Bombeiros de Alcabideche no Youtube   Bombeiros de Alcabideche no Facebook